Dogecoin despencou 70% desde aparição de Elon Musk na TV

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Moeda acumula 26% de queda nas últimas 24 horas.

  • Cripto é considerada a favorita de Elon Musk.

  • Musk admitiu na TV que se tratava de ‘esquema’.

A Dogecoin, criptomoeda alternativa ao Bitcoin, classe de criptos também conhecidas como ‘altcoins’, acumula perdas brutais desde a aparição de Elon Musk na TV americana, ápice do “hype” da moeda, que logo em seguida começou suas quedas acumuladas.

Leia também:

No começo desta semana, a moeda acumulava mais de 70% de perdas desde a aparição do bilionário no Saturday Night Live, programa em que ele foi apresentador, e quando ele aproveitou para promover a moeda.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Ocorre que, durante o próprio programa, Musk admitiu que a moeda seria um “esquema” para ganhar dinheiro rápido. A fala repercutiu mal, e o preço foi imediatamente para baixo com grande volumes de venda.

Antes disso, Musk vinha bombando o preço da cripto com uma série de mensagens no Twitter que sugeriam que seu preço iria disparar. Ele chegou a anunciar que a SpaceX iria financiar uma empresa com Dogecoin.

A Dogecoin nasceu como uma piada, em 2013, criada por dois desenvolvedores de software que queriam brincar com o então nascente mercado de criptomoedas. Em determinado ponto, ela chegou a acumular ganhos anuais de 6.000%.

No momento do fechamento do texto, uma Doge era cotada a cerca de $0.206274, com queda acumulada de mais de 26% nas últimas 24 horas.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos