Dois adolescentes são executados por criminosos disfarçados de policiais em MG

Adolescentes foram executados à queima-roupa - Foto: Getty Images
Adolescentes foram executados à queima-roupa - Foto: Getty Images
  • Dois adolescentes foram executados na noite de quarta-feira em um bairro de Belo Horizonte

  • Eles foram abordados por três criminosos disfarçados de policiais e baleados na cabeça

  • Corporação acredita que assassinatos podem ter ocorrido por vingança

Dois adolescentes foram executados em Belo Horizonte na noite da última quarta-feira (29), após serem abordados por criminosos que se passaram por agentes da polícia.

De acordo com informações da Polícia Militar, divulgadas pelo portal Aqui, os jovens de 15 e 17 anos foram baleados por volta das 22 horas na Avenida Álvaro da Silveira, bairro Santa Margarida.

Uma testemunha explicou à corporação que os rapazes voltavam de uma pista de skate quando foram abordados pelos criminosos.

Três homens vestidos como policiais se aproximaram e ordenaram que as vítimas se aproximassem da parede, com as mãos atrás da cabeça.

Quando pensavam que seriam revistados, os adolescentes foram baleados à queima-roupa na cabeça.

A polícia foi chamada e enviou uma equipe ao local, mas os garotos foram encontrados já sem vida.

Crime teria sido cometido por vingança

Uma mulher foi abordada pela polícia após questionar a corporação sobre as identidades das vítimas e deixar o local.

Ela revelou ser esposa de um traficante da região, identificado como Douglas. Ainda segundo o relato, o criminoso teria mandado matar os adolescentes após o assassinato de um de seus homens de confiança.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos