Dois americanos indiciados no caso Ghosn

Promotores de Tóquio indiciaram nesta segunda-feira dois americanos acusados de ajudar Carlos Ghosn, ex-CEO da Renault-Nissan, na fuga espetacular do Japão para o Líbano em 2019.