Dois anos após morte de Gugu, filhos manifestam desejo de doar órgãos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 05-11-2012: O apresentador Gugu Liberato durante o lançamento do livro
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 05-11-2012: O apresentador Gugu Liberato durante o lançamento do livro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No dia em que se completa dois anos da morte de Augusto Liberato, o Gugu (1959-2019), os filhos do apresentador com Rose Miriam Di Matteo reforçaram a campanha de incentivo à doação de órgãos. João Augusto, 20, e as gêmas Marina e Sofia, de 17 anos, compartilharam um vídeo neste domingo (21) na conta do Instagram Gugu Vive explicando um pouco a ação que buscam promover.

"Hoje faz dois anos da morte do Gugu, o meu pai", diz Marina. Em seguida, João comenta o fato do apresentador ter deixado um exemplo ao Brasil ao ter seu desejo de doar os órgãos atendido pelos familiares. "Um único doador pode ajudar dezenas de pessoas e trazer paz e alegria para muitas famílias", completou Sofia.

Em seguida, João conta que tanto ele quanto as irmãs seguirão o exemplo do pai e também se tornarão doadores de órgão. O trio, então, convida os internautas a fazer parte dessa campanha, manifestando o desejo de doar os órgãos por meio de um vídeo divulgado na rede social.

O texto que acompanha o vídeo fala sobre a importância do gesto. "Com a pandemia, as doações de órgãos caíram drasticamente. Mas, incentivamos as famílias a autorizarem a doação quando for a hora. Pela nossa experiência, a dor de uma família pode ser atenuada com este ato de amor", diz trecho do conteúdo.

O vídeo dos três juntos pode significar que os rumores que os irmãos estariam brigados devido a divergências relacionadas a herança milionária deixada por Gugu pode ter chegado ao fim, como sinalizou Marina nesta quarta-feira (17). Ao responder a um internauta sobre o motivo pelo qual "é brigada com o irmão e não fala mais com ele", a jovem afirmou: "A gente não está brigado e falei com ele hoje".

MORTE

Gugu Liberato, 60, teve a morte anunciada no dia 21 de novembro de 2019. Ele morreu em um hospital em Orlando, no estado americano da Flórida, onde foi internado no dia anterior ao falecimento dele. O apresentador, que morava em um condomínio nos arredores da cidade, caiu de uma altura de quatro metros, quando fazia um reparo no ar-condicionado instalado no sótão.

O apresentador foi encaminhado ao hospital Orlando Health Medical Center. Devido à gravidade de seu estado, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação, foi constatada a ausência de atividade cerebral, segundo a nota de falecimento, que não especifica a data exata da morte.

"Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro", escreveu a família, em nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos