Falsos pintores são presos suspeitos de imobilizar com lacre moradores da Zona Sul e fazer transferências bancárias

Dois homens foram presos nesta quarta-feira por porte ilegal de arma, em Copacabana. Por volta das 16h, Elias Carlos Viana e Nathanael Christen Silva Abreu estavam num táxi a caminho da Rua Gastão Bahiana quando foram abordados pela polícia na altura do número 300. Um deles tentou fugir, e o outro tentou esconder uma bolsa embaixo do painel do veículo. Com os criminosos, a polícia apreendeu uma pistola calibre .380 com numeração raspada, lacres e fitas adesivas.

Os criminosos se passavam por pintores para ter acesso aos imóveis. Eles imobilizavam as vítimas com lacres e fitas para poder fazer as transferências. Segundo policiais da 14ª DP, a dupla veio de Minas Gerais e sequestrava pessoas para conseguir fazer transferências via PIX. Eles eram foragidos da justiça e se escondiam na comunidade do Falet. Após a prisão da dupla, moradores da comunidade ofereceram valores para a libertação deles, além do resgate da arma de fogo utilizada pelos dois suspeitos. Os presos foram levados para a Polinter.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos