Dois morrem após avião com paraquedistas fazer pouso forçado no interior de SP

Avião com paraquedistas caiu na cidade de Boituva, interior de São Paulo (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros SP)
Avião com paraquedistas caiu na cidade de Boituva, interior de São Paulo (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros SP)

Resumo da notícia

  • Avião de pequeno porte caiu em Boituva (SP) e deixou dois mortos

  • Ao todo, 16 pessoas estavam na aeronave e 14 ficaram feridas

  • Avião decolou do Centro Nacional de Paraquedismo e ainda não se sabe a causa do acidente

Um avião de pequeno porte caiu em Boituva, no interior de São Paulo, nesta quarta-feira (11). Duas pessoas morreram e outras 14 ficaram feridas, segundo a prefeitura. A aeronave era usada para salto de paraquedistas e teve de fazer um pouso de emergência.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o caso ocorreu no início da tarde. As vítimas fatais são dois homens, que chegaram a ser levados para o hospital, mas não resistiram.

Ao todo, 16 pessoas estavam abordo, sendo 15 passageiros e o piloto. A aeronave decolou do Centro Nacional de Paraquedismo, e piloto teve de fazer um pouso forçado. Inicialmente, o avião bateu em um barranco e, em seguida, em um fio de alta tensão. A causa do acidente ainda é desconhecida, mas, segundo o potal g1, testemunhas relataram que houve uma pane elétrica na aeronave.

O piloto teria conseguido fazer um pouso de emergência. As vítimas foram levadas ao hospital da cidade, o Hospital São Luiz, enquanto uma delas precisou ser transferida para Sorocaba.

Os bombeiros isolaram a área e aguardam perícia da política científica.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos