Dois policiais são agredidos em Hong Kong após ato pró-democracia

Um policial segura homem ferido em Chater Garden, Hong Kong, em 19 de janeiro de 2020

Dois policiais foram agredidos por militantes pró-democracia em Hong Kong neste domingo (19), em meio aos confrontos em uma manifestação por mais liberdade democrática neste território semiautônomo.

Os distúrbios aconteceram quando a polícia ordenou a dispersão da manifestação previamente autorizada. A ordem foi dada depois que manifestantes lançaram garrafas de água e tinta nos agentes.

Um grupo de oficiais à paisana, que conversava com os manifestantes, foi atacado por homens com os rostos cobertos que os atingiram com pedaços de pau e guarda-chuvas. Dois policiais foram feridos na cabeça.

"Atos dessa natureza não podem ser aceitáveis", afirmou a polícia em um comunicado no Facebook.

A polícia lançou gás lacrimogêneo para dispersar a multidão.

Hong Kong está há sete meses mergulhada em protestos nas ruas, alguns violentos, que levaram à sua pior crise em décadas.