Dolores Al Shelleh: "Chegar ao topo é um sentimento que nunca esquecerei"

Dolores Al Shelleh trabalhava para uma empresa no Dubai, quando, em 2015, sentiu a necessidade de enfrentar um novo desafio: escalar montanhas. "Sempre quis ligar-me à natureza e explorar mais o mundo",

Sem experiência prévia em montanhismo, passou os três anos seguintes a aumentar gradualmente as competências. "Subi o Monte Kilimanjaro e Mera Peak, e depois achei que devia escalar o Monte Evereste do lado tibetano e tornar-me na primeira mulher árabe a fazer isso e fazer parte da história", conta.

MEET THE LOCALS/EURONEWS
Dolores a caminho do cume do Monte Evereste - MEET THE LOCALS/EURONEWS

Apesar do treino e preparação, Dolores e os outros alpinistas da sua equipa enfrentaram adversidades durante a viagem de 50 dias até ao topo do mundo. "Tive dias maus em que senti que não conseguia, porque todos nós adoecemos, a certa altura, devido à altitude, que não é natural para o corpo. Mas foi bom ver toda a gente unir-se como seres humanos, independentemente das diferenças e apoiarem-se mutuamente para o objetivo comum".

O mau tempo fez com que Dolores e a sua equipa tivessem uma pequena janela de oportunidade de dois a três dias para tentar chegar ao cume.

A 23 de maio de 2019, Dolores tornou-se na primeira mulher jordana a estar no ponto mais alto da Terra e na primeira mulher árabe a realizar a proeza a partir do cume do nordeste. "Senti-me mais viva, mais humana e senti o quão importante é darmo-nos uns com os outros. preocupar-me com as outros, no cume", recorda.

MEET THE LOCALS/EURONEWS
Dolores celebra chegada ao cume do Monte Evereste - MEET THE LOCALS/EURONEWS

Dolores regressou a sua casa no Dubai com uma nova perspetiva de vida e decidiu dedicar-se ao life coaching, ajudando outros a realizar os seus próprios sonhos.

Durante as suas subidas, Dolores concentrou-se na sensibilização sobre a ação climática para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Agora está a criar conteúdos que realçam a importância de uma vida sustentável e afirma "espero alcançar os meus novos objectivos no Dubai, e seguir o meu caminho a nível global".