Dom e Bruno: crime não teve mandante nem apoio de organização criminosa, diz PF

Dom e Bruno: restos mortais chegaram à Brasília para perícia nesta quinta-feira (Foto: AP Photo/Eraldo Peres)
Dom e Bruno: restos mortais chegaram à Brasília para perícia nesta quinta-feira (Foto: AP Photo/Eraldo Peres)
  • Até quinta, eram cinco suspeitos investigados, incluindo um possível mandante

  • Há duas pessoas presas pelo crime até o momento

  • Executores teriam agido sozinhos para matar Dom e Bruno

As investigações sobre a morte de Bruno Pereira e Dom Phillips avaliam que não houve mandante para o crime, nem a participação de uma organização criminosa, conforme informou a Polícia Federal nesta sexta-feira (17).

Em nota, o comitê de crise que acompanha o caso e tem coordenação da PF, disse que as apurações continuam e que novas prisões podem ser decretadas, mas, por ora, provas "apontam que os executores agiram sozinhos".

Estão presos pelo crime Amarildo da Costa Oliveira, o "Pelado", que confessou o assassinato na quarta-feira (15), e seu irmão, Oseney da Costa de Oliveira, conhecido como “Dos Santos”.

"As investigações também apontam que os executores agiram sozinhos, não havendo mandante nem organização criminosa por trás do delito. Por fim, [o comitê de crise] esclarece que, com o avanço das diligências, novas prisões poderão ocorrer", afirma o comunicado.

Desaparecimento de Dom e Bruno: tudo o que você precisa saber

Na quinta-feira (16), a informação era de que cinco suspeitos eram investigados, entre eles um possível mandante.

Restos mortais chegam para perícia

Os restos mortais encontrados no local das buscas por Bruno Araújo Pereira e Dom Phillips na Amazônia chegaram a Brasília às 18h34 desta quinta-feira (16). Os corpos serão periciados a partir de sexta-feira (17) pelo Instituto Nacional de Criminalística, no Setor Policial Sul.

A PF (Polícia Federal) encontrou restos e partes de corpos humanos enterrados na região onde estão sendo feitas as buscas pelo indigenista Bruno Pereira e pelo jornalista britânico Dom Phillips, no fim da tarde desta quarta-feira (15), ao oeste do estado do Amazonas, após dois suspeitos indicarem o local.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos