Dom Luiz de Orleans e Bragança morre aos 84 anos

O bisneto da princesa Isabel, Dom Luiz de Orleans e Bragança, chefe da Casa Imperial do Brasil, morreu aos 84 anos de idade, nesta sexta-feira. O quadro de saúde dele era considerado "irreversível" pela equipe médica do hospital onde ele estava internado há cerca de um mês em São Paulo.

A morte de Dom Luiz foi confirmada pelas redes sociais da página Pró Monarquia:

"Com o falecimento do Senhor Dom Luiz, sucede-o como Chefe da Casa Imperial do Brasil seu irmão, o Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança, que a todos encarece orações em sufrágio da alma do augusto falecido", escreveu a página Pró Monarquia em sua conta no Instagram.

A última nota sobre o estado de saúde de Luiz de Orleans e Bragança reafirmava a gravidade de seu estado de saúde e dizia que ele estava sob cuidados paliativos.

Dom Luiz nasceu em Mandelieu-la-Napoule, no sul da França, em 6 de junho de 1938, sendo o primogênito dos doze filhos de Dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança e de Dona Maria da Baviera de Orleans e Bragança. Na qualidade de herdeiro aparente dos direitos dinásticos de seu pai, Dom Luiz foi registrado no Consulado-Geral do Brasil em Paris.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, os descendentes da família imperial brasileira voltaram ao país, de onde estavam afastados desde a proclamação da República, em 15 de novembro de 1889. Eles moraram no Rio de Janeiro e em Petrópolis até que, em 1951, transferiram-se para o Paraná.

Dom Luiz cursou Ciências Políticas e Sociais na Universidade de Paris (França) e Química e Física na Universidade de Munique (Alemanha). Formado engenheiro químico, retornou ao Brasil em 1967, estabelecendo-se em São Paulo e assumindo a direção do Secretariado de seu pai, que àquela altura residia no Sítio Santa Maria, em Vassouras (RJ). Com o falecimento do pai, em 5 de julho de 1981, Dom Luiz ocupou o posto de chefe da Casa Imperial do Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos