Dona de 'A patroa' move ação contra Instagram por perda do perfil por denúncias falsas

Desde que venceu Maiara e Maraisa e os herdeiros de Marília Mendonça na Justiça pelo uso do nome "As patroas", a cantora Daisy Soares virou alvo de haters. Para além de ameaças, a baiana foi vítima de denúncias falsas para ter as redes sociais derrubadas. Sem conseguir reaver o perfil, a artista decidiu mover uma ação contra a Meta, empresa responsável por administrar o Instagram.

— Fizeram denúncias como se eu estivesse imitando alguém. É que as cantoras tinham um Instagram com nome "As patroas", era verificado, porque para pessoas com não sei quantos milhões de seguidores essa verificação vem mais rápido, e aí teve quem se juntou para denunciar o meu perfil tomando como base esse. A minha conta estava criada desde 2014 e me derrubaram alegando que eu estava copiando um perfil criado depois — diz Daisy, que já tentou contato com o suporte do Instagram há quase uma semana, mas ainda não teve a conta reativada.

O perfil na rede social era a maior vitrine para a artista conseguir novos contratos. Ela também perdeu contatos que estabeleceu por lá. Além disso, a polêmica com as cantoras sertanejas tem influenciado em datas esvaziadas na agenda.

— Esse São João está longe do nosso ideal de shows. É um prejuízo grande, uma loucura. Em anos anteriores, um mês antes de junho já sabíamos toda a nossa rota. Eu paguei por esse registro, eu investi nisso, tive a ideia de registrar primeiro. Estou sendo prejudicada por ter ido atrás de um direito meu.

Procurada, a Meta, empresa que administra o Instagram, não respondeu ainda o contato da reportagem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos