Dono de bar é preso suspeito de tentativa de homicídio por copo de suco na grande BH

Dono de bar teria sacado arma de fogo após discussão sobre suco - Foto: Getty Images
Dono de bar teria sacado arma de fogo após discussão sobre suco - Foto: Getty Images

O dono de um bar foi preso suspeito de atirar contra uma mulher, na noite desta terça-feira (31), em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), por conta de um copo de suco. As informações são do G1.

Segundo a Polícia Militar (PM), o crime aconteceu dentro de um bar e a confusão foi entre o dono do estabelecimento e a vítima. A mulher teria pedido um suco, e o suspeito negado.

No entanto, o depoimento dos dois envolvidos têm versões diferentes quanto ao motivo. Ela afirma que ele disse que não tinha o produto, já o relato dele apenas informa que ele se negou a dar o suco.

Após a negação, os dois começaram a discutir e a mulher ameaçou pegar o suco à força. Depois disso, o dono do bar pegou uma arma de fogo e apontou para o rosto dela e deu um disparo. O tiro não atingiu a vítima.

De acordo com o suspeito, que não teve a identidade revelada, ele alegou que atirou porque a mulher teria avançado contra ele durante a briga.

No estabelecimento duas armas foram apreendidas. O homem confessou que tinha um outro revólver em casa, que também foi apreendido. Ele foi preso em flagrante.

A Polícia Civil de Minas Gerais investiga o caso.

Outro caso de agressão em bar

No dia 22 de abril deste ano, imagens de câmera de segurança flagraram uma briga generalizada em um bar de Belo Horizonte (MG). A confusão começou por uma divergência de R$40 na conta, terminando com a morte de um dos clientes, identificado como Everton Faria, de 39 anos.

Os clientes, incluindo a vítima, não concordaram com o valor registrado e duas mulheres teriam pedido para o garçom revisar quatro vezes a quantia. Com isso, o funcionário relatou que não atenderia mais à mesa para o chefe.

O dono do estabelecimento foi tirar satisfações e a confusão começou. Segundo o inquérito, o proprietário teria pegado uma faca e esfaqueado Everton no abdômen.

Aos policiais, o suspeito confirmou a versão do garçom e afirmou que a vítima teria caído em cima de um copo de vidro no meio da confusão. O Instituto Médico Legal refutou a possibilidade, dizendo que o homem morreu com uma facada.

O dono do estabelecimento foi preso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos