Doria anuncia chegada do primeiro lote de doses prontas da CoronaVac desde dezembro

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO - O governador João Doria (PSDB-SP) anunciou a chegada de 1 milhão de doses prontas da vacina CoronaVac, contra Covid-19, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Trata-se da primeira entrega de aplicações totalmente finalizadas do imunizante ao Brasil desde dezembro do ano passado.

A entrega do montante está prevista para ocorrer na próxima terça-feira, no aeroporto de Guarulhos. Doria afirmou que a chegada do imunizante foi possível após acordo com o vice-presidente da Sinovac, Weining Meng, que esteve em reunião com o governador na última terça.

As primeiras doses da vacina CoronaVac a serem aplicadas em brasileiros foram justamente unidades que chegam prontas ao Butantan. As unidades correspondiam a um pacote de 6 milhões de doses iniciais enviadas ao Ministério da Saúde em janeiro. A autorização de uso emergencial do medicamento foi concedida no dia 17 daquele mesmo mês pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Até agora, o Butantan encaminhou 52,2 milhões de doses de CoronaVac ao Programa Nacional de Imunizações. O instituto fica atrás apenas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que já liberou 62,9 milhões de doses da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca.

A CoronaVac apresentou eficácia de 50,38% em estudos clínicos de fase 3. Seu funcionamento se dá pela aplicação de duas doses com intervalo de 28 dias entre elas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos