Doria anuncia retorno da torcida no futebol paulista para 04/10

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Vista aérea do Morumbi em março de 2021 (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)
Vista aérea do Morumbi em março de 2021 (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), comunicou na noite desta quinta (23) que a partir do dia 4 de outubro, os clubes do estado poderão contar com torcedores nos estádios. O retorno será feito de forma gradual, começando com 30% da capacidade dos setores e chegando a 100% no início de novembro.

Com o aval do comitê científico do estado, o governo paulista antecipou o retorno do público aos estádios depois de alguns dias dificultando as conversas. Antes da nova decisão, o futebol só poderia ter público, assim como shows e pistas de dança, a partir do dia 1º de novembro.

Leia também:

A partir do dia 4 de outubro, os clubes poderão ter ocupação de 30% por setor do estádio. Já em 15 de outubro, os estádios poderão receber até 50% da capacidade por setor. Estádios completamente cheios poderão ser vistos apenas a partir de 1º de novembro.

O torcedor que apresentar comprovante com as duas doses da vacina poderá entrar no estádio sem problemas. Já quem ainda não concluiu o esquema vacinal, tendo apenas uma dose, terá que apresentar um resultado de teste (antígeno até 24 horas ou PCR até 48 horas) para poder entrar.

O uso de máscara será obrigatório para a presença em todos os setores de todos os estádios.

Nos últimos dias, representantes de Corinthians, Palmeiras, Red Bull Bragantino, São Paulo e Santos trabalhavam junto à FPF (Federação Paulista de Futebol) na busca pelo sim de Doria antes do conselho técnico do Brasileirão, marcado para a próxima terça-feira (28).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos