Doria chama grevistas de 'preguiçosos'

Charles Sholl/Futura Press

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), chamou de “preguiçosos” aqueles que aderiram à greve geral desta sexta-feira, em protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência propostas pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB).

Em entrevista à Rádio Jovem Pan, o tucano disse que conseguiu fugir do bloqueio que manifestantes planejavam em frente à sua casa, porque eles “são preguiçosos e acordam tarde”.

“Eu acordo cedo e trabalho. Eu não sou grevista que dorme, é preguiçoso e acorda tarde”, declarou.

Doria garantiu ainda que cobrará as multas dos sindicatos paralisados e que os servidores teriam seus pontos cortados caso não comparecessem ao trabalho hoje.

“Aqueles que faltarem integralmente, que não vierem trabalhar o dia inteiro, infelizmente, terão seu dia descontado” disse Doria.