Doria convida presidente do PSDB para coordenar campanha à Presidência

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  15-12-2021, 12h00: O governador de SP João Dória durante coletiva de imprensa após reuniões com os ministros do STF Luiz Fux e Luis Roberto Barroso sobre a pandemia da Covid-19. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 15-12-2021, 12h00: O governador de SP João Dória durante coletiva de imprensa após reuniões com os ministros do STF Luiz Fux e Luis Roberto Barroso sobre a pandemia da Covid-19. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), convidou o presidente do PSDB, Bruno Araújo, para ser o coordenador de sua campanha à Presidência da República.

O dirigente do partido já sinalizou a interlocutores que deve aceitar a proposta.

Com isso, o tucano dá mais um passo na tentativa de unir a legenda de forma inequívoca em torno de seu nome para disputar a sucessão de Jair Bolsonaro (PL).

Doria disputou uma prévia acirrada com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, vencendo a disputa por 53,99% dos votos, contra 44,66% do principal adversário.

Ele agora tem como desafio subir nas pesquisas e se firmar como o nome viável da chamada "terceira via", ou seja, um candidato que consiga atrair os votos dos que hoje estão descontentes com Bolsonaro, mas não têm simpatia pela candidatura de Lula.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos