Doria defende impeachment de Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 10.10.2018 -  João Doria durante visita ao Hospital Municipal Maternidade Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva, em São Paulo. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 10.10.2018 - João Doria durante visita ao Hospital Municipal Maternidade Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva, em São Paulo. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governador de São Paulo, João Doria, defende que o seu partido, o PSDB, deve apoiar um pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. A sigla irá se reunir nesta quarta (8) para discutir o caso.

"Nossa posição em São Paulo é de que o PSDB deve ser oposição ao governo e apoiar o impeachment", afirmou ao jornal Folha de S.Paulo o tucano. Os tucanos consideram "gravíssimas" as declarações golpistas de Bolsonaro no ato do 7 de Setembro em Brasília.

Doria é o principal rival estadual do presidente e disputa as prévias do PSDB com Eduardo Leite (RS) para ser o candidato do partido ao Planalto em 2022. Há expectativa sobre o grau de agressividade do discurso que Bolsonaro pretende fazer às 16h na concentração de seus apoiadores na avenida Paulista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos