Doria diz que vacina própria do Butantan não altera parceria com Sinovac

Eduardo Simões
·1 minuto de leitura
Doria em entrevista em São Paulo

Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) - A iniciativa do Instituto Butantan para uma vacina própria contra Covid-19, batizada de Butanvac, não altera o acordo do instituto com o laboratório chinês Sinovac, garantiu nesta sexta-feira o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em entrevista coletiva.

Doria afirmou que o Butantan mantém o compromisso de entregar 100 milhões de doses da vacina da Sinovac, chamada de CoronaVac, ao Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde e que o Estado de São Paulo comprará mais 30 milhões de doses deste imunizante para uso em solo paulista.

Também presente na coletiva, o presidente do Butantan, Dimas Covas, afirmou que o projeto de uma nova fábrica para produzir integralmente a CoronaVac no Brasil prossegue.

O presidente do Butantan explicou que a ButanVac será produzida, a partir de maio, em uma outra fábrica do instituto já existente.