Doria e Leite chegam juntos para votar nas prévias do PSDB

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Os governadores Eduardo Leite e João Doria chegaram juntos neste domingo para votar nas prévias do PSDB no centro de Convenções Ullysses Guimarães, em Brasília. Em clima de comício, os dois foram recebidos pela militância tucana, que se dividiu entre os dois candidatos favoritos e disputava quem gritava mais alto "Leite presidente" ou "Doria presidente".

Os dois passaram por uma espécie de corredor polonês de militantes para cumprimentar os apoiadores e posar para fotos com crianças no colo. No meio do caminho até as cabines de votação, os dois se encontraram e exaltaram as prévias como uma "vitória da democracia". Quando o ex-senador Arthur Virgílio chegou para votar, já não havia quase nenhum militante para recebe-lo.

Leite, Doria e Virgílio concorrem a uma vaga como pré-candidato presidencial pelo partido em 2022 numa disputa marcada por troca de denúncias de fraudes de filiação e uso da máquina pública como moeda de troca por apoio.

O centro de convenções em Brasília é o único lugar onde ocorre a votação presencial. Para coletar a maioria do voto dos filiados e políticos do PSDB em todo o Brasil, o partido desenvolveu um aplicativo que apresentou problemas técnicos na manhã deste domingo. Por causa dessas falhas, a direção do PSDB já informou que atrasará o resultado final em três horas - das 15 para as 18 horas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos