Doria nega fechamento do comércio em São Paulo após eleições

·2 minuto de leitura
(Andre Lucas/picture alliance via Getty Images)
(Andre Lucas/picture alliance via Getty Images)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), negou que fechará o comércio no estado após as eleições municipais que acontecem neste domingo (15). Em vídeo publicado em suas redes sociais, ele chamou de “fake news” a informação de que o governo estadual endureceria as medidas de combate à pandemia depois da votação.

“Meu repúdio aos que espalham esse tipo de mentira na tentativa de prejudicar nossa gestão ou fazer um golpezinho às vésperas da eleição”, falou Doria, que ressaltou que São Paulo tem lidado de forma “transparente” no combate ao novo coronavírus.

Colinha virtual Eleições 2020: todos os números de candidatos a prefeito em São Paulo

Colinha virtual Eleições 2020: todos os números de candidatos a vereadores em São Paulo

Leia também

“É a saúde que determina o que nós temos que fazer aqui, nós não agimos por pressão política ou por outros interesses”, afirmou. “A prioridade é a vida, é o maior valor que nos temos. Esqueça as fake news”, finalizou Doria.

O Brasil registrou 712 novas mortes pelo novo coronavírus e 40.113 novos casos da doença nesta sexta (13). Com isso, o total de mortos chegou a 164.946 e o de casos a 5.819.496, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo.

Os dados desta segunda não incluem números do estado do Paraná. O Conass informa que houve problema técnico no acesso às bases de dados e manteve os números divulgados na quinta.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos