Doria parabeniza Bolsonaro por efetivação de Pazuello: ‘Postura republicana e a aberta’

Anita Efraim
·2 minuto de leitura
ARCHIVO - En esta imagen de archivo del 14 de noviembre de 2018, el presidente electo Jair Bolsonaro, a la derecha, escucha al gobernador electo de Sao Paulo, Joao Doria, durante una reunión en Brasilia, Brasil. (AP Foto/Eraldo Peres, Archivo)
Governador de São Paulo, João Doria, e o presidente, Jair Bolsonaro (Foto: AP Foto/Eraldo Peres, Archivo)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), parabenizou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pela decisão de efetivar o general Eduardo Pazuello no cargo de ministro da Saúde. Sem formação médica, ele ocupou o cargo interinamente nos últimos meses, após a saída de Nelson Teich.

“Cumprimento a decisão do presidente Jair Bolsonaro de efetivar o General Pazuello como novo Ministro da Saúde do Brasil. Uma decisão correta”, escreveu nas redes sociais.

“Pazuello tem tido uma postura republicana e aberta ao diálogo. Que ele possa continuar a ajudar nosso país a superar a pandemia.”

Leia também

João Doria e Bolsonaro são oponentes políticos, o que se acirrou durante a pandemia do coronavírus. Ambos têm feito críticas às gestões do outro. Enquanto Bolsonaro critica a política de Doria de fechamento prolongado e isolamento social em São Paulo, o tucano considera irresponsável do presidente em incentivar a retomada da atividade econômica de forma precipitada.

Nas eleições de 2018, Doria e Bolsonaro eram aliados e chegaram a articular o voto casado, chamado de “Bolsodoria”.