Doria viaja e não vai a convenção de Rodrigo Garcia, mas receberá homenagem

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) viaja nesta quinta-feira (28) para os Estados Unidos e não participará da convenção que oficializará a candidatura à reeleição de Rodrigo Garcia (PSDB), no sábado (30). Ele retorna ao Brasil no dia 3 de agosto.

"Infelizmente coincide o período da minha viagem com a convenção do PSDB aqui em São Paulo, razão pela qual eu não vou poder comparecer apesar do convite gentil feito pelo Rodrigo Garcia", disse o ex-governador à coluna Painel, da Folha de S.Paulo. Ele afirmou que a viagem é para compromissos profissionais.

A ligação com Doria, de quem Rodrigo foi vice, é a principal preocupação do atual governador em sua tentativa de obter um novo mandato. O ex-governador deixou o cargo com baixos índices de aprovação.

Apesar disso, a presença de Doria não passará totalmente em branco no evento. Haverá um banner na entrada e cerca de 50 faixas agradecendo a ele por ser o "pai da vacina", pelas realizações à frente do Executivo estadual e pela relação que tinha com o ex-prefeito Bruno Covas, morto no ano passado. Uma bateria de escola de samba também fará uma homenagem ao ex-governador.

"É o mínimo que podemos fazer para prestigiar um administrador e político que foi e é muito importante para nossa geração e para o partido aqui em São Paulo", diz o presidente do diretório tucano da capital, Fernando Alfredo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos