Dorival Junior cobra R$ 1,8 milhão por demissão do Athletico

Técnico Dorival Junior não recebeu o valor total de sua rescisão contratual com o clube paranaense.
Técnico Dorival Junior não recebeu o valor total de sua rescisão contratual com o clube paranaense. Foto: (Gabriel Machado/NurPhoto via Getty Images)

Demitido ainda no ano de 2020 do Athletico Paranaense, o técnico Dorival Junior buscou meios judiciais para cobrar o valor devido pelo clube rubro-negro do restante do contrato, que ia até o fim do ano de 2021. O valor, que serve como uma espécie de multa, seria referente à totalidade do vínculo com o time de Curitiba,

Algumas tentativas foram feitas por Dorival Junior para reaver o valor de forma amigável, buscando o Athletico para que o Furacão pagasse os R$ 1.817.553,68 que o atual comandante da casamata do Flamengo merece, mas o tema não foi resolvido. Desta maneira, Dorival buscou a 15ª Vara do Trabalho de Curitiba para que a Justiça faça o clube, que agora conta com Felipão como o dono do vestiário, pagá-lo.

Leia também:

No começo de junho, o Flamengo confirmou a contratação do treinador Dorival Junior para o comando técnico da equipe com contrato vigente até o fim desta temporada. Aos 60 anos de idade, Dorival chegou para sua terceira passagem pelo clube carioca. Seu último trabalho antes de retornar ao clube do Ninho do Urubu estava sendo o Ceará, com 18 partidas disputadas, 11 vitórias, 4 empates e 3 derrotas.

Desde que retornou ao comando do vestiário do clube do Ninho do Urubu, Dorival Junior conta com 16 vitórias, apenas dois empates e quatro derrotas, sendo uma em sua estreia com o uniforme do Flamengo, fora de casa, contra o Internacional de Mano Menezes. O Flamengo está classificado para as semifinais da Copa Libertadores da América e, ao bater o São Paulo por 3 a 1 no Morumbi na partida de ida das semis da Copa do Brasil, colocou um pé na grande final do torneio nacional.