Um dos principais chefes dos piratas da Somália é preso

Mohamed Garfanji, um dos principais chefes da pirataria da Somália, em dunas de areia da cidade costeira de Hobyo, em 20 de agosto de 2010 (AFP/Arquivos)

As forças de segurança da Somália prenderam um dos principais chefes da pirataria do país, Mohamed Garfanji, informaram fontes oficiais.

Garfanji foi detido no domingo em Mogadíscio junto com vários guarda-costas somalis e estrangeiros.

O governo não confirmou a prisão deste poderoso bandido, que durante anos conseguiu milhões em resgates.

Tanto os Estados Unidos como as Ilhas Seychelles querem interrogá-los por seu suposto envolvimento em cidadãos desses países.

O presidente Hassan Sheikh Mohamud ofereceu no ano passado uma anistia para os piratas que infestam o país, mas não para seus líderes.

Entre os navios que Gafsanji teria capturado está o petroleiro sul-coreano Samho Dream, em 2010, que ele libertou em troca de nove milhões de dólares.