Dow Jones e S&P 500 fecham em máximas recordes com fortes dados econômicos

Chuck Mikolajczak
·1 minuto de leitura
A estátua 'Charging Bull', também conhecida como 'Wall St. Bull' (Touro de Wall St, em tradução livre)

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - Os mercados de ações nos Estados Unidos subiram nesta segunda-feira, com os índices Dow Jones e S&P 500 fechando em níveis recordes, enquanto uma rodada de fortes dados econômicos aumentou o otimismo de investidores sobre a reabertura econômica e a acomodação do rendimento do Treasury de dez anos manteve preocupações com inflação sob controle.

Uma pesquisa do ISM referente a março mostrou que uma medida da atividade da indústria de serviços dos EUA saltou para um nível recorde. Os dados seguiram-se ao relatório de emprego dos EUA divulgado na sexta-feira, o qual mostrou abertura líquida de 916 mil postos de trabalho fora do setor agrícola, acima das previsões.

Investidores têm apostado que setores cíclicos vão liderar a reabertura econômica, com energia, finanças e materiais básicos entre os melhores desempenhos do ano.

Apesar dos fortes dados econômicos, os ganhos foram liderados por setores que tiveram desempenho inferior recentemente, incluindo serviços de comunicação, consumo discricionário e tecnologia, já que o rendimento do Treasury de dez anos permaneceu abaixo de um pico em 14 meses alcançado na semana passada.

"Parte da história de hoje é que os rendimentos não estão se movendo e isso está ajudando o setor de tecnologia. Há pelo menos alguma rotação (de investimentos) voltando para o setor de tecnologia", disse Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos da Inverness Counsel, em Nova York.

O índice Dow Jones subiu 1,13%, a 33.527 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,443828%, a 4.078 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,67%, a 13.706 pontos.