Draghi vence voto de confiança na Itália, mas Movimento 5 Estrelas boicota moção

Primeiro-ministro italiano Mario Draghi em encontro do G7, na Alemanha

ROMA (Reuters) - O governo italiano ganhou nesta quinta-feira uma moção de confiança na câmara alta do Parlamento sobre medidas destinadas a ajudar a conter a crise de custo de vida, mas o Movimento 5 Estrelas levou em frente sua ameaça de boicotar a votação.

A moção foi aprovada por 172 votos a 39.

O primeiro-ministro Mario Draghi disse nesta semana que seu governo não poderia continuar sem o apoio do Movimento 5 Estrelas e descartou liderar uma coalizão com composição diferente.

O presidente Sergio Mattarella, o árbitro supremo na política italiana, decidirá como resolver a crise. Ele pode pedir a Draghi para tentar reunificar sua administração com um novo voto de confiança. Se uma maioria não for assegurada, ele terá que dissolver o Parlamento e convocar novas eleições.

(Reportagem de Giuseppe Fonte)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos