Dramas de Juma e chacota de Maria Bruaca enfraquecem trama de "Pantanal"

Juma em
Juma em "Pantanal (Reprodução Globo)

A trama de Juma (Alanis Guillen) tem irritado o público de "Pantanal" nas últimas semanas. Com o roteiro da novela ficando mais arrastado, a personagem está presa em um ciclo vicioso dos mesmos assuntos e atitudes, e um dos comentários nas redes sociais é que ela e Jove (Jesuíta Barbosa) têm brigado há semanas pelos mesmos assuntos sem sentido.

Juma já deixou claro que quer ficar com Jove, mas se recusa a morar na fazenda de José Leôncio. Jove, por sua vez, também quer ficar com a amada, mas não gosta de morar na tapera, especialmente porque quer agradar o pai, que sonha que o filho herde seus negócios em um futuro próximo.

As opiniões de ambos estão claras há tempos, mas a trama, em vez de resolver o cabo de guerra entre os personagens, apostou em um relacionamento "vai não vai" que não tem agradado quem acompanha a novela. Muitos não entendem a insistência de Juma em ficar grudada 24h por dia em Joventino, especialmente porque a tapera e a fazenda são próximos, o que torna o drama causado pela "distância" inverossímil.

Além da briga sem fim pela moradia do casal, os dois também não saem do mesmo argumento ao discutirem sobre o Velho do Rio (Osmar Prado). Jove está obcecado em fotografar o velho para provar para o pai, José Leôncio (Marcos Palmeira), que o avô está vivo. Juma já alertou diversas vezes que fotografar a entidade é um desrespeito, e que o velho Joventino não existe mais. A briga sem fim tem irritado o público da trama, que reclama que nenhum dos conflitos entre o casal de fato faz sentido e ajuda a trama a seguir em frente.

Apagamento de Maria Bruaca

Queridinha do público da novela, Maria Bruaca (Isabel Teixeira) conquistou o afeto de todos ao tentar se desvencilhar do domínio de seu marido abusivo, Tenório (Murilo Benício). No início, a personagem foi protagonista de cenas emocionantes sobre relacionamento abusivo, traição e patriarcado, e a interpretação sensível de Isabel Teixeira foi muito elogiada. Presa em um casamento infeliz e traída, Bruaca foi se empoderando aos poucos em uma jornada que conquistou o público, trazendo uma complexidade e atualidade para o roteiro de Bruno Luperi.

Nas últimas semanas, entretanto, a trama também caiu no marasmo ao transformar ao focar a história de Maria Bruaca apenas em cenas quentes com Alcides. Em entrevista recente sobre Bruaca, Isabel Teixeira comentou que a força da personagem vem de sua libertação pessoal, e não de seus affairs com Alcides ou Levi (Leandro Lima). "Não é o Alcides que salva a Bruaca, ela que se salva. E isso conversa muito com o mundo de hoje. Eu tenho uma filha, Flora, de 11 anos, e a realidade dela não é mais a da Bela Adormecida, que fica ali paralisada esperando o príncipe. Não. A salvação é um processo de dentro para fora. Então, a trajetória de casal é também uma trajetória de autoconhecimento de cada um deles", afirmou para o jornal "O Globo".

Sexo também pode ser empoderador, e o problema não é a quantidade de peões com os quais Bruaca terá ou não um affair. O que tem incomodado parte do público é a escolha da trama de transformar a cena de Bruaca em um núcleo de "comédia", com a personagem dando em cima de vários peões ao mesmo tempo, convidando Tenório para um menage e sendo tratada pela novela como motivo de riso.

Ao virar chacota, Maria Bruaca acaba não sendo levada a sério e o sofrimento real da personagem é deixado de lado, como se a dona de casa tivesse escolhido trair o marido de forma leviana. Em um Brasil no qual a violência contra a mulher é uma realidade amarga, com cerca de 1.319 mulheres vítimas de feminicídio só em 2021 (dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública), a história de uma mulher que se empodera contra seu abusador pode ser uma ferramenta importante de discussão no horário nobre da TV aberta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos