Drussyla, do Sesc e da Seleção de vôlei, está com coronavírus

Web Vôlei


A ponteira Drussyla, do Sesc RJ, testou positivo para o Covid-19 na tarde desta quarta-feira. Com recomendação de reclusão e sem treinos desde o dia 16 de março, a jogadora passa bem e segue em isolamento social, em sua residência, fazendo o tratamento recomendado e seguindo as ordens do departamento médico da equipe carioca.

De acordo com Ney Pecegueiro do Amaral, médico do Sesc, a atleta apresentou sintomas, fez o exame, mas não precisou ser internada.

- Ficou pronto ontem à tarde o exame da Drussyla, sendo positivo o resultado para o Coronavírus. Ela está bem, em casa, fazendo o tratamento recomendado e não precisou ser internada em momento algum. Apenas apresentou os sintomas da doença, como uma forte gripe. No momento, seguirá em isolamento social, em sua residência - afirmou o médico.

Drussyla divide apartamento com a levantadora Thais, também atleta do Sesc RJ, que não teve sintomas de contaminação pelo coronavírus. Ambas continuam cumprindo o isolamento proposto pelas autoridades médicas, sem dividir nenhum tipo de utensílio doméstico.

O elenco do Sesc RJ segue a recomendação do departamento médico da equipe, que indicou ser prudente adotar o isolamento social desde o dia 16 de março. As atletas, sob a supervisão do preparador físico Marco Jardim, mantêm uma rotina de atividades físicas em suas casas. Elas também seguem monitoradas de perto pela equipe médica.