Duas mulheres morrem e três seguem desaparecidas após canoa afundar no Piauí

·1 min de leitura
Trecho do rio onde a canoa afundou - Foto: Divulgação
Trecho do rio onde a canoa afundou - Foto: Divulgação
  • Canoa com 11 pessoas afundou em rio no Piauí no último domingo

  • Os corpos de duas mulheres foram encontrados nesta segunda-feira

  • Outras três continuam desaparecidas

Duas mulheres foram encontradas mortas depois que a canoa onde estavam afundou no Rio Parnaíba, em Antônio Almeida, Piauí, no último domingo (17). Outras três pessoas continuam desaparecidas.

De acordo com informações do G1, a embarcação afundou com 11 pessoas durante a tarde. Seis delas conseguiram nadar e se salvar.

Leia também:

As vítimas fatais foram identificadas como Jocilene, irmã de um vereador da cidade, e Sandra, amiga da mulher. Os corpos delas foram encontrados nesta segunda-feira (18).

Seguem desaparecidas Juliana Magalhães, sua filha, Maria Júlia, e a babá da criança, Maria Fernanda.

Dois corpos foram encontrados nesta segunda (Michael Dantas/AFP via Getty Images)
Dois corpos foram encontrados nesta segunda (Michael Dantas/AFP via Getty Images)

“Segundo testemunhas, a água começou a entrar na canoa e um dos homens que comandavam a canoa pediu para que três pessoas fossem para trás. Entretanto, muita gente foi e a embarcação acabou afundando”, contou a secretária municipal de Saúde, Jamila Martins.

Buscas continuam no rio

Segundo o Corpo de Bombeiros local, agentes estão realizando buscas desde as 4h30 desta segunda. Uma equipe de salvamento com dois mergulhadores foi enviada ao local.

Os pescadores que costumam trabalhar na região afirmaram que a profundidade do rio é de 10 a 15 metros no local onde a canoa afundou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos