Duas pessoas morrem baleadas em favela na zona leste de SP

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um homem, de 32 anos, e uma mulher, não identificada, morreram após serem baleados na manhã deste sábado (13), no Parque Santa Madalena, região de Sapopemba (zona leste da capital paulista).

Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada às 6h24 para atender a uma ocorrência de vítimas de disparo de fogo no interior da Favela da Ilha, na avenida Marginal do Oratório.

Ao chegar ao local, os policiais militares se depararam com o casal baleado e caído no chão. Durante o atendimento aos dois, um outro homem, de 29 anos, foi encontrado ferido a poucos metros do ponto onde as duas vítimas estavam caídas.

Acionado, o Corpo de Bombeiros socorreu um dos homens e mulher até o hospital Santa Marcelina, mas eles não resistiram aos ferimentos e morreram. A outra vítima também foi hospitalizada, porém, seu estado de saúde não foi divulgado.

A vice-presidente do Condepe (Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana), Cheila Olala, esteve no local pela manhã. Ao Agora ela disse que o homem morto tinha ido comprar pão. Após deixar a compra em casa, ele, que teria esquizofrenia, saiu para tomar um medicamento na casa da irmã, quando foi baleado.

"Os moradores não sabem dizer quem foi, só afirmam que os tiros partiram quando uma moto com duas pessoas passou", disse Cheila.

O caso foi registrado pelo 69° DP (Teotônio Vilela) como homicídio consumado e tentando. Ninguém foi preso. A investigação deve ficar a cargo do DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa). Procurado, o DHPP informou que ocorrência ainda estava sendo registrada pela especializada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos