Duas pessoas morrem em naufrágio de barco em Capitólio (MG)

Duas pessoas morrem em naufrágio de barco em Capitólio (MG)

Um acidente marítimo no Lago de Furnas, no município de Capitólio, em Minas Gerais, resultou na morte de duas pessoas neste sábado. As vítimas são uma mulher da cidade mineira de Paraguaçu e um homem de Guarulhos (SP).

As mortes foram confirmadas pela Associação Pública dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg). Em nota publicada nas redes sociais, a entidade informou que o acidente aconteceu no momento em que uma chalada tentava socorrer passageiros de uma lancha que tinha apresentado problemas técnicos.

"As primeiras informações dão conta de que uma lancha com 14 passageiros a bordo apresentou problemas mecânicos e solicitou apoio de outra embarcação nas proximidades para resgatar os passageiros. Uma chalana com outros 10 passageiros foi ao encontro da lancha à deriva e no momento do transbordo dos passageiros a chalana não suportou o peso e virou", diz a nota.

De acordo com a Ameg, as vítimas foram socorridas por marinheiros, que tentaram reanimá-las. Mas elas não resistiram e tiveram as mortes confirmadas pela equipe do Samu.

"Nosso respeito as famílias enlutadas neste acidente. Temos trabalhado constantemente para aumentar a segurança na região. Todas as embarcações são obrigadas a fornecer coletes salva-vidas em número suficiente para todos os passageiros e tripulação", afirmou o prefeito de Capitólio, Cristiano Silva (PP).

Tragédia em janeiro

Na manhã de 8 de janeiro deste ano, um deslizamento de parte de um cânion atingiu quatro lanchas que estavam no lago de Furnas. O acidente deixou dez mortos. Segundo o Corpo de Bombeiros, mais de 30 pessoas ficaram feridas.

Em março, a Polícia Civil de Minas Gerais apresentou a conclusão do inquérito sobre a queda do paredão de rochas. A investigação concluiu que não houve interferência humana no acidente. Nenhum órgão ou indivíduo foi indiciado pelo que aconteceu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos