Três pessoas estão desaparecidas após incêndios no oeste dos EUA

·2 min de leitura
Bombeiros trabalham, em 31 de dezembro de 2021, próximos de uma casa destruída pelo fogo no condado de Boulder, Colorado, na região oeste dos Estados Unidos (AFP/Jason Connolly)

Três pessoas estão desaparecidas após os incêndios devastadores que atingiram diversas cidades no estado do Colorado, no oeste dos Estados Unidos, e destruíram quase mil casas, informaram neste sábado (1º) as autoridades locais.

"Somos muito afortunados de não termos uma lista de cem desaparecidos. Mas, infelizmente temos que confirmar três pessoas desaparecidas", disse em coletiva de imprensa Joe Pelle, xerife do condado de Boulder.

Acredita-se que ao menos 991 casas tenham sido destruídas à medida que as chamas avançaram pelas cidades de Superior e Louisville na quinta-feira, nos arredores de Denver, a maior cidade do estado, forçando dezenas de milhares de pessoas a fugir.

Imagens aéreas chocantes mostraram ruas inteiras reduzidas a pilhas de cinzas fumegantes, uma destruição que parecia quase total, mas que de alguma forma poupou algumas casas.

Pelle disse que as buscas aos desaparecidos foram dificultadas pela destruição e pela neve.

"As estruturas onde estas pessoas estariam estão completamente destruídas e cobertas por cerca de 20 centímetros de neve neste momento", afirmou.

Os investigadores não encontraram evidências confiáveis que apoiem os relatos anteriores de que linhas de transmissão derrubadas teriam provocado o incêndio e Pelle declarou que alguns moradores podem ter se confundido com a queda das linhas de telecomunicação.

No entanto, os investigadores "executaram um mandado de busca em uma localização em particular", como parte da investigação em andamento que Pelle descreveu como "muito ativa" e que conta com a participação de autoridades federais e estaduais.

O fogo, iniciado em uma área seca e propensa a incêndios, foi arrastado por ventos de mais de 160 km/h na quinta-feira.

"Foi um desastre de rápida expansão ao longo de metade de um dia. Muitas famílias tiveram apenas alguns minutos para levar o que puderam, seus animais de estimação, crianças, para o carro e sair", disse o governador Jared Polis. "Aconteceu em um piscar de olhos", emendou.

Pelle disse ter conversado com a neta de uma das desaparecidas na manhã deste sábado.

"Estão tentando encontrar a avó. E nós estamos tentando encontrar a avó dela", disse. "Mas as condições no momento não permitem fazê-lo rapidamente".

Embora a neve tenha ajudado a apagar o incêndio, "foi difícil para os esforços de recuperação e avaliação de danos", afirmou Pelle.

O incêndio, registrado antes do feriado do Ano Novo, se seguiu aos tornados que atingiram em meados de dezembro o estado de Kentucky, que deixou dezenas de mortos e milhares de famílias em situação de crise às vésperas do Natal.

Embora os incêndios sejam uma parte natural do ciclo climático e ajudem a limpar a vegetação morta, sua escala e intensidade têm aumentado.

Cientistas afirmam que as mudanças climáticas, provocadas principalmente por atividades humanas, como a queima indiscriminada de combustíveis fósseis, estão alterando os padrões meteorológicos.

bur/dw/bbk/lda/llu/rpr/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos