Dublador oficial do Batman há 30 anos, Kevin Conroy morre aos 66 anos

Morreu nesta quinta-feira o ator e dublador Kevin Conroy, que dava a voz para o Batman há 30 anos. A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira pela dubladora Diane Pershing e, depois, confirmada pela Warner Bros. Conroy, que tinha 66 anos, lutava contra um câncer e era considerado “a voz definitiva” do super-herói.

Segundo Diane, que trabalhava com Conroy, o ator estava doente já há algum tempo.

Spike Lee posa com estátua de Michael Jackson no Morro Dona Marta, no Rio

Antes de adotar Gabriel, Gal Costa cogitou filho com Milton Nascimento e Caetano Veloso

“Notícia muito triste: nossa querida voz do Batman, Kevin Conroy, morreu ontem. Ele está doente há um tempo, mas ele realmente dedicou muito tempo aos 'quadrinhos', para a alegria de todos os seus fãs. Ele fará muita falta não apenas pelo elenco da série, mas por sua legião de fãs em todo o mundo. Descanse em paz, amigo”, disse a dubladora.

“Tivemos o privilégio de participar de convenções ao lado de Kevin ao longo dos anos e estamos de coração partido com essa notícia”, disse a ONG Peter Mayhew Foundation.

Conroy começou a dar a voz para o super-herói em "Batman: A Série Animada", e foi colega de Mark Hamill, que dublava o vilão Coringa. Em comunicado, Hamill disse: “Kevin era a perfeição. Ele era uma das minhas pessoas favoritas no planeta, e eu o amava como um irmão. Ele realmente se importava com as pessoas ao seu redor – sua decência brilhava em tudo o que fazia. Toda vez que eu o via ou falava com ele, meu espírito se elevava.”

O ator esteve em animações como "Batman: A Máscara do Fantasma", "Superman: A Série Animada", "Liga da Justiça" e "Liga da Justiça Sem Limites", entre muitas outras produções. Ele também foi a voz oficial do Batman nos jogos, especialmente na franquia "Batman: Arkham", onde desempenhou o papel três vezes. Seu último trabalho foi no jogo "MultiVersus", lançado ainda neste ano.

Muitos amigos e colegas de profissão de Conroy prestaram homenagens ao ator. O diretor e roteirista James Gunn, a atriz Tara Strong e o dublador Troy Baker foram alguns deles. "Ele foi o melhor. Sempre será o melhor. Ele era meu Batman. Meu amigo. Ele nunca saberá o quanto me inspirou, mas estou feliz por ter contado a ele em todas as chances que tive. Obrigado, Kevin. Dormir, dormir, talvez sonhar...", escreveu Baker.