Parlamento da Rússia ratifica anexação unilateral de territórios ucranianos

A Duma ratificou, sem qualquer surpresa, a anexação dos territórios ucranianos decretada pelo presidente russo Vladimir Putin.

A união da Rússia com os territórios ucranianos de Donetsk e Luhansk, bem como com parte das regiões de Kherson e Zapiríjia, considerada ilegal à luz da carta da ONU, recebeu o apoio unânime dos deputados russos.

Uma formalidade que, nas palavras do chefe da diplomacia Sergei Lavrov, que apresentou os projetos de ratificação, "é a continuação lógica da unificação de terras russas que começou em 2014 com o regresso à Rússia da Crimeia e de Sebastopol".