Duo português Fado Bicha apresenta no Dolores Club show da turnê de ‘Ocupação’

Elas romperam os limites da cena queer de Lisboa desde que subverteram o fado e incorporaram guitarras distorcidas, efeitos eletrônicos e boas doses de humor, deboche e ativismo político ao gênero musical mais tradicional de Portugal. É envolto nessa atmosfera que duo português Fado Bicha se apresenta no Dolores Club, na Lapa, nesta quarta, às 21h.

O show faz parte da turnê internacional de “Ocupação”, o primeiro álbum da dupla, recém-lançado no Brasil. O grupo é composto pela cantora Lila Fadista e pela guitarrista e compositora João Caçador – elas se identificam artisticamente como bichas e se intitulam no feminino. Após temporada no país, seguem para Nova York, onde fazem abertura do show de Ney Matogrosso no festival SummerStage, no Central Park, em 17 de julho.

O repertório de “Ocupação” inclui a releitura de um grande sucesso de Amália Rodrigues – considerada uma das maiores fadistas portuguesas. Trata-se de “Nem às paredes confesso”, que, na versão do Fado Bicha, virou “Crônica do Maxo Discreto” e fala de dois homens que se encontram para falar de amor (o original é o lamento de um romance proibido entre um homem e uma mulher).

O single, um rock oitentista inspirado na obra de António Variações, é uma clara provocação. A guitarra com overdrive, o sintetizador em loop e a bateria eletrônica estampam de cara o desapego aos velhos paradigmas e a indiferença a quem torce o nariz.

Já “O namorico de Rita”, outra canção celebrada por Amália, virou “O namorico do André" na versão do duo. Na voz de Lila Fadista, a música relata as agruras de dois peixeiros do Mercado da Ribeira que se apaixonam e, pela relação não ser aceita pela família, têm que se virar para ter privacidade para consumar seu amor.

Dolores Club Rua do Lavradio, 10, Lapa Horário de abertura: 19h Show: 21h Entrada: R$ 40 (https://lets.events/e/fado-bicha) R$ 60 (na hora).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos