Dupla é presa por desviar máscaras e luvas da Santa Casa de SP

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dois homens, de 23 e 24 anos, foram presos em flagrante suspeitos de desviar insumos hospitalares da Santa Casa de Misericórdia da cidade de São Paulo. A prisão aconteceu na noite de sexta (9), na rua Marcion, no bairro São Miguel, zona leste. No relatório da ocorrência, os policiais militares afirmaram que abordaram a dupla durante patrulhamento. Inicialmente, não foi encontrado nada ilícito com eles, mas os dois "demonstravam bastante nervosismo". Quando questionados, teriam confessado que trabalham na Santa Casa e que desviavam materiais da unidade há cerca de um ano. Segundo o relato, eram desviadas de 80 a 100 caixas de insumos hospitalares todos os dias. Os itens eram revendidos por R$ 50. Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), os homens indicaram a localização onde os itens eram recebidos. Na casa, foram apreendidas 143 caixas de luvas cirúrgicas, com 100 unidades cada, 44 caixas de máscaras cirúrgicas, contendo, ao todo, 2.800 unidades, além de R$ 2.441,00 em espécie. Os celulares da dupla também foram apreendidos e encaminhados para perícia. Em nota, a Santa Casa de São Paulo afirma que recebeu a notícia da ocorrência "com surpresa e indignação". "Nesse momento, onde todos os nossos esforços estão voltados para o combate à pandemia, é ainda mais revoltante receber a informação de que estamos sendo lesados." A instituição diz, ainda, que abriu uma sindicância interna para apurar o caso e que "tomará as providências necessárias". O caso foi registrado no 63º DP (Vila Jacuí) e autuados em flagrante por receptação.