Bolsonaro fala de recorde de mortes: "E daí? Quer que eu faça o quê?"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brazil's President Jair Bolsonaro delivers a press conference in Brasilia, Brazil, on April 24, 2020. - Brazilian Minister of Justice and Public Security, Sergio Moro, announce his resignation on Friday after Brazilian President Jair Bolsonaro dismissed the head of the Brazilian Federal Police, according to sources close to the popular former anti-corruption judge. (Photo by EVARISTO SA / AFP) (Photo by EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Bolsonaro durante pronunciamento no dia 24 de abril (EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

Após o Ministério da Saúde anunciar um novo recorde de mortes registradas por coronavírus em 24 horas, com 474 óbitos, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que lamenta, mas que não tem o que fazer.

Ao ser perguntado sobre os números, Bolsonaro respondeu "E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre​", antes de dizer que cabe ao ministro da Saúde, Nelson Teich, uma explicação.

Leia também:

Ainda durante a fala na chegada ao Palácio do Alvorada, o presidente disse que solidariza com as famílias que perderam pessoas. “Lamento a situação que nós atravessamos com o vírus. Nos solidarizamos com as famílias que perderam seus entes queridos, que a grande parte eram pessoas idosas”, afirmou.

O Brasil chegou nesta terça (28) a 5.017 mortes por Covid-19 e 71.886 casos confirmados, de acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Saúde. O país passou a ser o 9º com mais mortes no mundo, ultrapassando a China, e fica em 11º lugar no ranking de pessoas infectadas.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos