É falso áudio sobre Palocci atribuído a Lula

Antonio Palocci, ministro da Fazenda à época, ao lado do então presidente Lula, em um evento em Brasília, em 24 de agosto de 2005 (Foto: Reuters / Jamil Bittar)
Antonio Palocci, ministro da Fazenda à época, ao lado do então presidente Lula, em um evento em Brasília, em 24 de agosto de 2005 (Foto: Reuters / Jamil Bittar)
  • Vídeo sobre Lula circula nas redes sociais

  • Usuários atribuem um áudio sobre ex-ministro Antonio Palocci, veiculado na gravação, ao ex-mandatário

  • O boato, no entanto, já circulou em anos anteriores e já foi desmentido, pois o áudio se trata de uma imitação e não traz fala do ex-presidente Lula

Um vídeo contendo um áudio atribuído ao ex-presidente Lula (PT) circula nas redes sociais com centenas de interações. Na gravação, um homem diz que ninguém teve a coragem de acabar com Antonio Palocci, ex-ministro de Estado dos governos de Dilma Rousseff e Lula. No entanto, o áudio se trata de uma imitação e não há registro de declaração semelhante dada por Lula.

Captura de tela de um vídeo que circula alegando mostrar o ex-presidente Lula falando sobre Palocci (Foto: Twitter / Reprodução)
Captura de tela de um vídeo que circula alegando mostrar o ex-presidente Lula falando sobre Palocci (Foto: Twitter / Reprodução)

O ex-ministro de Estado Antonio Palocci fez uma delação premiada na qual direcionou acusações contra o ex-presidente Lula. A Polícia Federal considerou, no entanto, não haver provas para tais acusações.

O áudio viralizado se refere às supostas denúncias feitas pelo ex-ministro. Em um trecho, um homem que se passa pelo ex-presidente Lula afirma: "Ninguém teve a competência e a coragem de acabar com esse cara [Palocci]. E nós vamos nos lascar [...] Agora não adianta mais nada".

Uma busca no Google, no entanto, por "áudio Lula Palocci" direcionou a checagens de outras agências feitas em anos anteriores. Em 2017 e em 2019, boatos atribuindo o áudio ao ex-presidente Lula já haviam circulado e sido desmentido por agências de checagem.

Em 2017, algumas das publicações afirmaram que o áudio se tratava de uma ligação interceptada entre Lula e o ex-presidente do PT Rui Falcão.

No entanto, o áudio viralizado não consta na relação de gravações do ex-presidente interceptadas no âmbito da Lava Jato. Buscas no Google pela suposta gravação e por notícias em veículos de imprensa não deram resultados.

Em 2017, quando a gravação viralizou pela primeira vez, Gleisi Hoffmann chegou a afirmar no Twitter que medidas seriam tomadas em relação à divulgação do áudio falso:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos