Em 2018, Datafolha não indicou derrota de Bolsonaro no 2º turno em todas as pesquisas

Presidente Jair Bolsonaro em sua cerimônia de posse no Palácio do Planalto em Brasília, em 1º de janeiro de 2019 (Foto: Reuters / Sergio Moraes)
Presidente Jair Bolsonaro em sua cerimônia de posse no Palácio do Planalto em Brasília, em 1º de janeiro de 2019 (Foto: Reuters / Sergio Moraes)
  • Na última quinta-feira (23), o Datafolha divulgou o resultado de seu último levantamento

  • Usuários, como Alexandre Ramagem, afirmam nas redes que o instituto apontou derrota de Bolsonaro para todos no segundo turno em 2018

  • Diversos resultados do Datafolha, porém, apontaram vitória de Jair Bolsonaro naquele ano

O delegado da Polícia Federal Alexandre Ramagem (PL) compartilhou no Twitter que o Datafolha indicou que Jair Bolsonaro (PL) perderia para todos no segundo turno de 2018. A publicação conta com mais de 4 mil interações na plataforma. Contudo, a informação é falsa. O instituto previu a vitória do presidente em mais de uma ocasião contra o candidato do PT.

Captura de tela de uma publicação de Alexandre Ramagem sobre o Datafolha (Foto: Twitter / Reprodução)
Captura de tela de uma publicação de Alexandre Ramagem sobre o Datafolha (Foto: Twitter / Reprodução)

As informações falsas sobre o Datafolha começaram a circular após o instituto ter divulgado na quinta-feira (23) sua mais recente pesquisa. Os resultados apontaram que o ex-presidente Lula (PT) lidera a disputa com 47% das intenções, seguido pelo atual presidente Jair Bolsonaro (PL), com 28%.

Mas, ao contrário do que circula nas redes sociais, o Datafolha não apontou derrota de Jair Bolsonaro em todas as suas pesquisas em 2018. Em agosto daquele ano, o Datafolha apontou a derrota do presidente em um eventual segundo turno com Lula, Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSB) e Marina Silva (Rede). No entanto, na disputa contra Fernando Haddad (PT), o instituto previu vitória de Bolsonaro com 38%.

Em setembro de 2018, após o indeferimento da candidatura de Lula, o Datafolha seguiu indicando derrota de Bolsonaro contra os referidos candidatos. Em relação a Haddad, foi indicado um empate técnico de 39% para o petista e 38% para o atual presidente.

Outra pesquisa realizada em setembro, entre 26 e 28, indicou que o atual presidente estava perdendo nas intenções de voto no segundo turno para todos os candidatos. Além da vantagem dos demais candidatos em relação a Bolsonaro, Haddad estava à frente, com 45%, contra 39% do presidente.

Já em outubro, em um levantamento feito às vésperas do segundo turno, Bolsonaro apresentou 47% das intenções. Haddad, por sua vez, ficou com 39%. O resultado da disputa foi de 55,13% para o atual presidente, contra 44,87% do candidato do PT.

Em maio, como noticiado pela reportagem do Yahoo! Notícias, as pesquisas eleitorais foram alvo de desinformação. Publicações sobre as pesquisas do Datafolha de 2018 já foram verificadas pelo Yahoo.

27/06/2022: Edita o título e acrescenta o resultado da pesquisa realizada em 26 e 28 de setembro de 2018

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos