É falso que ex-diretor do Datafolha confessou um plano de fraude nas urnas

Vídeo de humorista com suposta confissão de fraude nas urnas eletrônicas está sendo falsamente atribuído ao ex-diretor do Datafolha Mauro Paulino. (Foto: Getty Images)
Vídeo de humorista com suposta confissão de fraude nas urnas eletrônicas está sendo falsamente atribuído ao ex-diretor do Datafolha Mauro Paulino. (Foto: Getty Images)
  • Usuários compartilham um áudio atribuindo-o ao ex-diretor do Datafolha Mauro Paulino

  • Publicações afirmam que Paulino supostamente confessou uma manipulação das pesquisas

  • A fala, no entanto, é original de um vídeo feito por um humorista

Um áudio sobreposto a um texto circula nas redes sociais com mais de 18 mil interações. Na gravação, um homem fala sobre um suposto plano para fraudar pesquisas eleitorais.

Usuários atribuem a declaração a Mauro Paulino e afirmam que ele é diretor do Datafolha. Porém, o áudio, na verdade, é original de um vídeo de humor. Além disso, Mauro Paulino não é mais diretor da empresa.

Captura de tela de publicação no Kwai que alega que ex-diretor do Datafolha Mauro Paulino teria admitido plano de fraude nas urnas. (Foto: Reprodução)
Captura de tela de publicação no Kwai que alega que ex-diretor do Datafolha Mauro Paulino teria admitido plano de fraude nas urnas. (Foto: Reprodução)

No áudio, um homem fala "vão afirmar, vão convencer o povo de que o Lula está na frente, com as urnas eletrônicas a nosso favor, a favor do PT, do nosso grupo e ninguém vai questionar o resultado das eleições".

O vídeo, no entanto, que já foi alvo anteriormente de uma peça desinformativa – verificada por outros serviços de checagem – se trata de uma paródia.

No conteúdo, um humorista interpreta o personagem chamado "Avacalho Ellhys", um "advogado pilantra", conforme descrito na legenda do vídeo no YouTube:

Além disso, em março o Datafolha já havia anunciado a saída de Mauro Paulino, tendo assumido a diretoria do instituto Luciana Chong. Portanto, Paulino não atua mais na empresa e foi contratado pela GloboNews para analisar pesquisas durante o período pré-eleitoral.

Conteúdo semelhante foi verificado pela Agência Lupa e pelo AFP Checamos.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos