É falso que houve fraude nas urnas no Maranhão em 2008

Mesário prepara urnas eletrônicas em Curitiba (PR), em 22 de outubro de 2018 (Reuters / Rodolfo Buhrer)
Mesário prepara urnas eletrônicas em Curitiba (PR), em 22 de outubro de 2018 (Reuters / Rodolfo Buhrer)
  • Vídeo com reportagem de 2008 é veiculado indicando que houve fraude nas urnas naquele ano

  • Reportagem tratou de suspeitas levantadas sobre denúncias de problemas nos equipamentos de votação supostamente ocorridos em Caxias, no Maranhão

  • Inquérito aberto pela Polícia Federal concluiu que urnas eletrônicas não foram violadas

Um vídeo de uma reportagem de 2008 circula nas redes sociais com centenas de compartilhamentos indicando que houve fraude nas eleições daquele ano, após denúncias de eleitores e de uma candidata à Prefeitura do município de Caxias, no Maranhão. No entanto, inquérito da Polícia Federal encerrado em 2009 concluiu que não houve fraudes nos equipamentos de votação.

Captura de tela de uma publicação indicando que houve fraude nas urnas nas eleições de 2008 (Foto: Kwai / Reprodução)
Captura de tela de uma publicação indicando que houve fraude nas urnas nas eleições de 2008 (Foto: Kwai / Reprodução)

Uma reportagem da Bandeirantes tratou em 2008 sobre os casos de suspeitas de fraudes nas eleições municipais daquele ano e informou sobre a abertura de um inquérito por parte da Polícia Federal para apurar a suposta fraude.

No entanto, no ano seguinte, a Polícia Federal encerrou a investigação e concluiu que "não foram identificados sinais de violação física nos lacres e nos componentes físicos das Urnas Eletrônicas recebidas".

O conteúdo – que já havia viralizado em 2021 – questionando a credibilidade dos equipamentos de votação, foi explicado pelo TSE:

"A PF atestou a integridade dos aplicativos que rodam dentro do aparelho, que só podem ser verificados pelas entidades que assinaram digitalmente os softwares. Participam da cerimônia de assinatura digital e lacração dos sistemas representantes de partidos políticos, do Ministério Público Eleitoral (MPE) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), entre outros".

A reportagem do Yahoo! Notícias já verificou outros conteúdos desinformativos sobre as urnas eletrônicas, como o de que os equipamentos não podem ser auditados e de um método supostamente usado para fraudar urnas.

Conteúdo semelhante foi verificado pela Agência Lupa.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos