É falso que tentaram derrubar o avião de Lula em novembro de 2022

Presidente Lula (PT) em evento em Lisboa, Portugal, em 19 de novembro de 2022 (Foto: AFP via Getty Images / Carlos Costa)
Presidente Lula (PT) em evento em Lisboa, Portugal, em 19 de novembro de 2022 (Foto: AFP via Getty Images / Carlos Costa)
  • Publicações espalham nas redes sociais que teriam tentado derrubar um avião em que Lula viajou

  • Junto ao boato circula um vídeo de uma reportagem do SBT como se fosse recente

  • A notícia, porém, é de 2018 e trata sobre uma troca de mensagens ofensivas contra Lula interceptada durante um voo do petista

Usuários espalham nas redes sociais um vídeo de uma reportagem do SBT e alegam que tentaram derrubar o avião do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). "Bomba. Tentaram derrubar avião de Lula", diz o texto que acompanha um vídeo que circula nas redes sociais. As publicações já ultrapassaram cinco milhões de visualizações no TikTok.

A reportagem, porém, circula fora de contexto. A matéria do SBT foi ao ar em 2018, e não em 2022 e tratava sobre áudios ofensivos vazados durante um voo de Lula de helicóptero da sede da Polícia Federal para o aeroporto de Congonhas.

Captura de tela de uma reportagem do SBT que circula fora de contexto para dizer que houve uma tentativa recente de derrubar um avião em que Lula viajou (Foto: TikTok / Reprodução)
Captura de tela de uma reportagem do SBT que circula fora de contexto para dizer que houve uma tentativa recente de derrubar um avião em que Lula viajou (Foto: TikTok / Reprodução)

Uma busca no YouTube pelas palavras-chave "FAB áudios ofensivos vazados voo de Lula verdadeiros", utilizadas na frase de abertura da reportagem, direcionou ao vídeo original, publicado em abril de 2018 no canal do SBT News:

A notícia trata, na verdade, sobre mensagens ofensivas interceptadas durante um voo de Lula de helicóptero naquele ano. Os responsável pelas mensagens não foram os controladores do voo, mas os autores não foram identificados. Luzes de laser verde também foram apontadas para o helicóptero. Segundo um especialista consultado pelo SBT, a ação poderia ter causado acidentes.

O helicóptero havia partido da sede da Polícia Federal em São Paulo rumo a Congonhas, de onde Lula pegou um avião monomotor rumo a Curitiba.

Esse boato também foi analisada pela Agência Lupa.

Confira as checagens recentes do Yahoo! Notícias: