É falso que TSE esteja cancelando títulos dos eleitores de Bolsonaro

Uma mulher segura um título eleitoral emitido no Brasil. Nas redes, usuários alegam que eleitores de Bolsonaro estariam tendo seus títulos cancelados (Foto: Getty Images)
Uma mulher segura um título eleitoral emitido no Brasil. Nas redes, usuários alegam que eleitores de Bolsonaro estariam tendo seus títulos cancelados (Foto: Getty Images)

Uma mensagem que circula no Telegram em grupos de apoio ao presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) alertam para o suposto cancelamento de títulos dos eleitores que votam no mandatário.

"ATENÇÃO!!! 1) Consultem a situação de seu título eleitoral e de seus familiares, pois militantes dos cartórios eleitorais por todo o Brasil estão cancelando títulos de eleitores de Bolsonaro para que quando forem votar não consigam", diz um trecho da mensagem.

Contudo, é falso que a Justiça Eleitoral esteja cancelando títulos de eleitores por razões políticas.

Captura de tela de uma mensagem que circula alertando para o suposto cancelamento de títulos eleitorais dos apoiadores de Jair Bolsonaro (Foto: Telegram / Reprodução)
Captura de tela de uma mensagem que circula alertando para o suposto cancelamento de títulos eleitorais dos apoiadores de Jair Bolsonaro (Foto: Telegram / Reprodução)

Uma busca no Google pelas palavras-chave "cancelamento títulos eleitores Bolsonaro" não identificou qualquer publicação em veículos de imprensa tradicionais que denunciassem a suposta ação.

A Justiça Eleitoral explica em seu site que somente pode ser cancelado o título do eleitor que "não votar em 3 (três) eleições consecutivas, não pagar a multa ou não se justificar no prazo de 6 (seis) meses, a contar da data da última eleição a que deveria ter comparecido".

Outras versões desse boato circularam anteriormente e foram desmentidas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A exemplo de que estariam cancelando os títulos de eleitores com 70 anos ou mais.

Em seu site, o Tribunal explicou que estão suspensas, por prazo indeterminado, as consequências previstas no Código Eleitoral para os eleitores que não votaram em 2020 e não apresentaram justificativa. O texto destacou ainda que os cidadãos sem cadastro biométrico também não tiveram seus títulos cancelados.

É possível fazer uma consulta à sua situação eleitoral por meio do site do TSE. Basta informar o nome completo, número do título ou CPF.

​Na próxima quinta-feira (22) termina o prazo para o eleitor que deseja emitir a segunda-via do título. O pedido pode ser feito no cartório eleitoral da zona onde tem cadastro.