EBC disputa prêmio de jornalismo na área de saúde, ciência e bem-estar

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) está no segundo turno do Prêmio Einstein +Admirados da Imprensa de Saúde, Ciência e Bem-Estar. A Agência Brasil concorre ao reconhecimento jornalístico na categoria Agência de Notícias e o quadro Ciência no Rádio, veiculado pela Rádio MEC, disputa o concurso temático na categoria Programa de Rádio.

A votação é organizada por Jornalistas&Cia em parceria com a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein. A iniciativa reconhece o trabalho do jornalismo especializado e presta homenagem a profissionais e a publicações que fazem a cobertura dessas áreas de atuação.

Participe da votação

A seleção valoriza a produção de conteúdo jornalístico desenvolvido pela imprensa dedicada às editorias de saúde, ciência e bem-estar. A premiação elege, em dois turnos, profissionais e veículos de comunicação que se destacam nesses três segmentos, sob a perspectiva de quem trabalha no setor.

A votação é aberta a jornalistas, profissionais de comunicação e a pessoas relacionadas à área. Para participar basta preencher um cadastro simples no site do prêmio. A segunda fase do certame prossegue até o dia 1º de setembro. Os vencedores serão conhecidos em uma solenidade no dia 10 de outubro, em São Paulo.

Agência Brasil

Referência na oferta diária de conteúdo de interesse público, a Agência Brasil produz matérias com precisão e clareza. A equipe pauta notícias nas mais variadas editoriais, inclusive assuntos sobre saúde, ciência e bem-estar.

Para a gerente-executiva da Agência Brasil, Juliana Andrade, a seleção enaltece o jornalismo da EBC. "A classificação para a próxima fase é um reconhecimento do trabalho da Agência Brasil como veículo de comunicação pública preocupado em levar informação de qualidade ao cidadão", pontua.

A jornalista frisa a função social e a abrangência das publicações. "No nosso site, o leitor tem acesso a matérias de prestação de serviço na área, além de conteúdos sobre políticas públicas e pesquisas que têm como objetivo a promoção da saúde da população", explica.

Juliana Andrade reforça o prestígio da Agência Brasil no meio jornalístico e também junto à audiência. "Somos um veículo que se destaca pela credibilidade e pela consistência das informações oferecidas à sociedade".

A cobertura ampla, com foco no cidadão e em informações de impacto nacional, desperta o interesse de inúmeros sites e jornais do país e do exterior. Esses veículos utilizam o material elaborado pela Agência Brasil em português e os textos traduzidos para inglês e espanhol.

Fonte de confiança, a relevante produção jornalística também é observada por grandes grupos de comunicação. Muitos desses veículos acessam e republicam as notícias redigidas pelos profissionais da EBC. "Por se tratar de uma agência pública, o nosso conteúdo pode ser reproduzido gratuitamente, o que aumenta ainda mais o nosso alcance", ressalta a gerente-executiva.

O conteúdo de comunicação pública da Agência Brasil tem extensa e importante repercussão. "A editoria de saúde é uma das que têm mais conteúdos replicados. No mês de julho, 18,3% das matérias da Agência Brasil reproduzidas por outros sites foram da editoria de saúde. O percentual é inferior apenas aos verificados nas editorias de economia (28,5%) e geral (25,4%)", completa Juliana Andrade.

Parceria com o Observatório Nacional

Revista diária de educação e cultura nas ondas da Rádio MEC, o programa Rádio Sociedade está no ar de segunda a sexta, entre 7h e 8h. Semanalmente, às quartas, a produção apresentada por Dylan Araújo traz o Ciência no Rádio, conteúdo produzido pela emissora em parceria com o Observatório Nacional.

O jornalista explica que o propósito da atração está de acordo com os princípios da comunicação pública. "O rádio tem uma vocação especial para buscar uma linguagem simples, com um vocabulário de domínio amplo. Isso facilita a missão da divulgação científica. Buscamos disseminar o conhecimento científico e pautar os pesquisadores a partir das dúvidas, curiosidades e interesses da população", afirma.

Dylan Araújo cita a qualidade dos estudos produzidos, a disponibilidade e o empenho dos pesquisadores convidados para estabelecer diálogos com a sociedade. O apresentador dá exemplos. "Quem não tem interesse em saber mais sobre a aparência da chamada Lua de Sangue ou entender como é gerada e controlada a 'hora certa de Brasília'? O Observatório Nacional é um grande parceiro nessa tarefa."

Etapas da premiação

O primeiro turno do Prêmio Einstein +Admirados da Imprensa de Saúde, Ciência e Bem-Estar foi encerrado em 11 de agosto, com mais de 180 jornalistas indicados nas categorias nacional, regional e colunistas, além de 156 candidatos entre veículos, programas e podcasts. O anúncio foi feito uma semana após o término da primeira etapa.

A segunda fase da eleição reúne 72 veículos que se classificaram nas oito categorias do prêmio após escolha livre na abertura das inscrições. Os concorrentes disputam o reconhecimento organizados por Agência de Notícias, Canal Digital, Podcast, Programa de Rádio, Programa de TV, Site/Blog, Veículo Impresso e Veículo Impresso Especializado.

Já entre os jornalistas, 59 passaram na categoria nacional. Muitos deles também foram indicados regionalmente, sendo que 24 se classificaram nas duas categorias. Nessas indicações 36 diferentes veículos, programas ou podcasts estão representados.

A cerimônia de premiação ocorre no dia 10 de outubro, no Salão Chella do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. O evento divulga os TOP 5 Brasil e os campeões regionais além do(a) +Admirado(a) Colunista.

Serviço
Votação Prêmio Einstein +Admirados da Imprensa de Saúde, Ciência e Bem-Estar
Até o dia 1º de setembro, no site do prêmio.

Agência Brasil na internet e nas redes sociais

Site: https://agenciabrasil.ebc.com.br
Instagram: https://www.instagram.com/agencia.brasil
Facebook: https://www.facebook.com/agenciabrasil.ebc
Twitter: https://twitter.com/agenciabrasil
YouTube: https://www.youtube.com/AgênciaBrasilOficial

Como sintonizar a Rádio MEC

Rio de Janeiro: FM 99,3 MHz e AM 800 kHz
Belo Horizonte: FM 87,1 MHz
Brasília: FM 87,1 MHz e AM 800 kHz
Parabólica - Star One C2 - 3748,00 MHz - Serviço 3
Celular - App Rádios EBC para Android e iOS
Aplicativo Rádios EBC, disponível para Android e iOS

Rádio MEC na internet e nas redes sociais

Site: https://radiomec.ebc.com.br
Instagram: https://www.instagram.com/radiomec
Spotify: https://open.spotify.com/user/radiomec
YouTube: https://www.youtube.com/radiomec
Facebook: https://www.facebook.com/radiomec
Twitter: https://twitter.com/radiomec
WhatsApp: (21) 99710-0537