EBC e PF participam de exibição especial da série Os Federais

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

“Além das operações e repressões aos crimes, nossas atribuições são muito amplas. Nós também fazemos controle migratório, controle de armas, controle de produtos químicos, controle de segurança privada. Tudo isso com excelência. Um dos objetos da série é mostrar um pouco mais da PF, quais atribuições e quais as ações”, explicou  o diretor-geral da Polícia Federal, Márcio Nunes durante a sessão especial de estreia da série, que terá 13 episódios na primeira temporada.

O diretor-geral da Policia Federal, Márcio Nunes de Oliveira, no lançamento da série Os Federais.
O diretor-geral da Policia Federal, Márcio Nunes de Oliveira, no lançamento da série Os Federais.

O diretor-geral da Policia Federal, Márcio Nunes de Oliveira, no lançamento da série Os Federais. - Wilson Dias/Agência Brasil


“A EBC está de parabéns pelo nível de excelência que nos entregou”, comentou Nunes ao assistir o episódio, que trata sobre a Academia Nacional de Polícia, onde os recém-aprovados em concurso público passam por treinamento para tornarem-se policiais federais.

Notícias relacionadas:

O projeto de parceria entre EBC e PF começou há pouco mais de um ano, ainda durante o período de pandemia, e a série é o produto principal gerado pela cooperação entre os dois órgãos. O diretor-presidente da EBC, Glen Valente, adiantou que “a ideia já é trabalhar a segunda temporada”, e reafirmou a importância da audiência para os produtos da empresa. “No final, temos que fazer um produto que tenha interesse do outro lado, e a audiência é nosso consumidor de televisão”, explicou.

O diretor-presidente da EBC, Glen Valente, no lançamento da série Os Federais.
O diretor-presidente da EBC, Glen Valente, no lançamento da série Os Federais.

O diretor-presidente da EBC, Glen Valente, durante o lançamento da série Os Federais, por Wilson Dias/Agência Brasil


Sobre as produções da EBC, o presidente relembrou o sucesso das transmissões do 7 de Setembro, que bateram recorde de audiência em Brasília e colocaram a emissora em 1º lugar durante o horário. “Foram mais de 240 pessoas trabalhando para fazer só a transmissão do 7 de Setembro”, informou Valente.

“Esse trabalho de construção é o que faz a EBC estar neste patamar hoje, ser a quinta emissora de televisão, concorrendo com o mercado privado ‘mano a mano’. Temos que sair um pouco das narrativas, que atrapalham o conhecimento do que é a Polícia Federal. É um conteúdo gostoso de assistir”, complementou.

Já para o diretor de Conteúdo e Programação, Denilson Morales, a série cumpre um papel público e de cidadania ao mostrar, de maneira simples e próxima, o que a instituição da Polícia Federal representa para a sociedade. “É uma oportunidade para um garoto que começa a vislumbrar uma oportunidade de carreira profissional e de ganhos. O cidadão pode enxergar e dizer: ‘quero ser um policial federal’. Ele terá toda a história nas mãos”, explicou.

Assista na TV Brasil: