Edmundo responde Romero e defende “brincadeiras” com paraguaios

Edmundo durante partida das estrelas de Zico. Foto: Gazeta Press

Por Guilherme Sacco (@guilhermesacco)

Durante o programa Expediente Futebol, da Fox Sports, desta quarta-feira (7), o ex-jogador Edmundo respondeu as críticas de Ángel Romero, do Corinthians, ao tratamento da imprensa brasileira com os jogadores estrangeiros que atuam no país. “Ao invés de os brasileiros se adaptarem a você, você é que está no nosso país”, afirmou o comentarista do canal.

Em entrevista coletiva dada na terça-feira, Romero falou por mais de dez minutos sem interrupção para se desculpar pelas declarações dadas ainda no gramado depois do empate em 2 a 2 com o Santos, no domingo. Aproveitando o assunto, o paraguaio reclamou da maneira que as críticas são feitas a ele e aos outros jogadores estrangeiros no futebol brasileiro.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

A resposta de Edmundo aconteceu porque o atacante corintiano disse que um comentarista esportivo teria chamado o jogador argentino Andrés Rios, do Vasco, de paraguaio por estar em má fase. “É só uma brincadeira que os brasileiros fazem quando a gente acha que alguma coisa é falsa. Pode até ter sido uma brincadeira de mau gosto, mas é que aqui dizemos isso, que algo falsificado é do Paraguai. Agora já mudou, é da China”, rebateu o ex-jogador.

“Eu cresci com as pessoas dizendo que as coisas falsificadas eram paraguaias, mas nada contra o país, muito pelo contrário. Você é que está no nosso país e tem que entender a nossa linguagem, porque está mais do que na hora de falar um bom português”, completou.

Além do caso específico citado, Romero também fez críticas à imprensa esportiva brasileira em geral. “Faz quatro anos que estou aqui no Brasil, e às vezes que vocês me criticam dentro do campo, está tudo bem, mas quando falam de minha nacionalidade, de onde nasci e de onde minha família é, não vou permitir. Eu, supostamente, ofendi a um clube, que é o Santos. E vocês estão, na maioria, insultando um país, que é diferente”, desabafou.

Pelas redes sociais, o companheiro Balbuena defendeu seu compatriota. O zagueiro postou um vídeo em que radialistas criticam Romero pelas declarações sobre o Santos e chama o Paraguai de “aldeia indígena” e disse estar muito chateado e que esse tipo de opinião não acrescenta nada, apenas infla um desrespeito com a família, o país e o trabalho dos paraguaios.