Eduardo Bolsonaro ataca Doria sobre Museu da Diversidade: "R$ 40 milhões para bancar museu gay"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
  • Eduardo Bolsonaro atacou o governador de São Paulo, João Doria, nas redes sociais

  • O Executivo estadual anunciou um investimento no Museu da Diversidade Sexual

  • "João Doria destina R$ 40 MILHÕES do povo paulista para bancar museu gay", disse o deputado

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) atacou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), após o Executivo estadual anunciar um investimento no Museu da Diversidade Sexual. "João Doria destina R$ 40 MILHÕES do povo paulista para bancar museu gay", afirmou o filho do presidente Jair Bolsonaro no Twitter.

"João Doria destina R$ 40 MILHÕES do povo paulista para bancar museu gay. Dinheiro irá para para ampliação do Museu da Diversidade Sexual, criado em 2012 pelo também tucano Alckmin. Além disso, a verba também será utilizada na criação dos museus da Cultura Indígena e das Favelas", criticou.

O governo de São Paulo, por sua vez, explicou em seu site oficial o planejamento para os espaços. 

"O Museu da Diversidade Sexual – primeiro equipamento cultural da América Latina dedicado à comunidade LGBTQI+ – terá o espaço e a capacidade ampliados. Além disso, o Governo de SP vai criar o Museu das Favelas e o das Culturas Indígenas, que se somarão aos outros 21 em atividade em todo estado".

Foi destacada ainda uma fala de Doria durante o anúncio. “Aqui a Cultura é tratada com seriedade e respeito. O Governo de SP vai investir R$ 40 milhões na ampliação do Museu da Diversidade e na criação de dois novos museus para entrega em 2022. O Museu da Diversidade será ampliado, modernizado e receberá novos equipamentos, ampliando o potencial de frequência e os valores de legitimidade daquilo que representa o museu, que se destina a todos, e não apenas à comunidade LGBTQI+. Ele enfatiza o respeito à diversidade e a inclusão deste segmento na nossa sociedade”, afirmou o governador.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos