Eduardo Leite é eleito no Rio Grande do Sul; veja outros governadores que conquistaram a vitória no segundo turno

A população de 12 estados brasileiros foi às urnas neste domingo para escolher não apenas o presidente, mas também decidirquem estará à frente dos respectivos governos estaduais. decidir quem estará à frente dos respectivos governos estaduais nos próximos quatro anos. Outras 15 unidades da federação, incluindo o Distrito Federal, elegeram o governador já na primeira volta, no dia 2 de outubro. Governadores de quatro estados já estão matematicamente eleitos: Rio Grande do Sul, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, na Paraíba, Amazonas, Rondônia e Sergipe. Em São Paulo, o candidato Tarcísio de Freitas foi eleito governador do estado.

Rio Grande do Sul

O ex-governador Eduardo Leite (PSDB) foi eleito neste domingo contra Onyx Lorenzoni (PL), candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL). Ele teve 57,13% dos votos contra 42,87%.

No primeiro turno, o postulante bolsonarista terminou na frente, com 37,50% dos votos válidos. Já o tucano foi escolhido por 26,81% dos eleitores. As pesquisas, no entanto, têm apontado para a possibilidade de uma virada no estado, especialmente após o apoio crítico de Edegar Pretto (PT), terceiro colocado na disputa com 26,77% dos votos, a Leite.

Pernambuco

A candidata do PSDB, Raquel Lyra, foi eleita governadora de Pernambuco neste domingo, superando Marília Arraes (Solidariedade). Com a vitória, a tucana decreta o fim de um ciclo de 16 anos do PSB à frente do estado. O resultado foi simbólico também porque foi a primeira disputa entre duas mulheres e episódios da vida pessoal delas tiveram impacto na campanha.

Raquel teve 58,87% dos votos.

Mato Grosso do Sul

Único estado do Centro-Oeste a ter segundo turno, o Mato Grosso do Sul escolheu para o próximo mandato: Eduardo Ridel (PSDB). O tucano conta com o apoio do atual governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), e da ex-ministra Tereza Cristina (PP-MS), eleita senadora. A eleição de Ridel foi uma virada em relação ao primeiro turno, quando ele recebeu 25,16% dos votos e seu adversário e Capitão Contar (PRTB) recebeu 26,71% dos votos válidos. Ambos tiveram endossos do presidente Jair Bolsonaro (PL).

No segundo turno, Ridel teve 56,90% dos votos.

Espírito Santo

O atual governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB) foi reeleito neste segundo turno. O pessebista saiu do primeiro turno com uma vantagem de quase 10% dos votos válidos sobre o seu adversário, Carlos Manato (PL), mas a última pesquisa Ipec apontou empate técnico. Foram 53,79% dos votos para Casagrande, neste segundo turno.

Paraíba

O governador João Azevedo (PSB) foi reeleito neste domingo para mais quatro anos de mandato. O pessebista confirmou a vitória após ganhar também no primeiro turno com 39,65% dos votos válidos contra Pedro Cunha Lima (PSDB), que terminou o dia 2 com 23,90% do eleitorado.

Amazonas

No Amazonas, o atual governador, Wilson Lima (União Brasil) foi reeleito. Lima confirmou a vitória após ser apontado pelas pesquisas como vencedor do pleito. No primeiro turno, Lima recebeu 42,82% dos votos válidos, enquanto o ex-governador Eduardo Braga (MDB), escolhido foi por 20,99% dos eleitores.

Rondônia

O Coronel Marcos Rocha (União Brasil) venceu o segundo turno da eleição para governador com 52,60% dos votos contra 47,40 do senador Marcos Rogério (PL).

Sergipe

O candidato Fábio (PSD) venceu a eleição para o governo do estado com 51,77% dos votos, contra 48,23% de Rogério Carvalho (PT).