Eduardo Leite é eleito governador do Rio Grande do Sul

Eduardo Leite é o novo governador do Rio Grande do Sul (Agência Brasil)
Eduardo Leite é o novo governador do Rio Grande do Sul (Agência Brasil)

Eduardo Leite (PSDB) será governador do Rio Grande do Sul pelo segundo mandato consecutivo. O candidato do PSDB venceu Onyx Lorenzoni (PL) em disputa decidida após votação neste domingo (30). Às, 19h00, o TSE informou que Leite teve 57,12% dos votos válidos contra 42,88% de seu adversário.

Quem é Eduardo Leite?

Bacharel em Direito, Leite já exerceu os cargos de vereador e prefeito em Pelotas, cidade na qual se criou politicamente, além de ter sido eleito governador do Rio Grande do Sul em 2018.

Sendo desde sempre filiado ao PSDB, partido do qual faz parte desde 2001, Leite é tido como muitos como a renovação do partido para o cenário nacional. A vitória no Rio Grande do Sul traz o fortalecimento desse sentimento, uma vez que mais uma vez os tucanos saem menores do que entraram nas eleições.

Eleito governador gaúcho em 2018, Leite se tornou o mais jovem no cargo no país e um dos mais jovens a ocupá-lo na história do Rio Grande do Sul. Ele, no entanto, não completou seu período no cargo após renúncia no começo deste ano.

Leite anunciou em 28 de março de 2022 sua saída do governo com o intuito de concorrer à presidência, plano frustrado nas prévias do PSDB. Após se assumir homossexual, se tornou o primeiro governador gay da história do Brasil.

Quando os governadores e governadoras eleitos tomarão posse?

Os governadoras e governadores eleitos nas eleições de 2022 tomarão posse de seus cargos em 1º de janeiro de 2023, tendo mandato válido até 31 de dezembro de 2026.

Governador: qual a função que esse cargo exerce?

O governador é representante do Poder Executivo, com objetivo de governar o povo e conduzir os interesses públicos de cada estado.

Assim, a função do governador é comandar de forma completa o estado e representá-lo em ações jurídicas, políticas e administrativas. Ele também defende todos os interesses e necessidades do estado para com o presidente da República.

O Poder Executivo estadual também possui a função de articulação política com o governo federal, bem como com os municípios que integram o estado.

O que está sob a gestão dos governadores?

  • Segurança pública Uma das maiores responsabilidades do governador estadual é a segurança pública, envolvendo o total controle das Polícias Civil e Militar e a construção e administração de presídios.

  • Saúde – Está na alçada do governador criar as políticas de saúde estaduais e organizar o atendimento todo o atendimento de saúde, construindo e mantendo hospitais e instalações – laboratórios, centros de doação de sangue e centros de atendimento complexo (hospitais do câncer, por exemplo).

  • Educação No quesito educacional, o principal foco do governador costuma ser o ensino médio, hoje considerada a mais problemática das etapas do ensino formal brasileiro.

  • Definir o orçamento estadual – Os documentos orçamentários são de responsabilidade do governador estadual. Eles visam fomentar o planejamento de curto e médio prazo do estado, trazendo mais transparência ao uso dos recursos públicos.

  • Infraestrutura estadual – A responsabilidade sobre toda a infraestrutura é mantida na alçada do governador estadual. Rodovias e portos, por exemplo, precisam receber cuidados do governo.

  • Adquirir investimentos federais para estados e municípios – Para viabilizar projetos de grande porte, tanto o estado quanto os municípios dependem de investimentos vindos do governo federal. Para isso, o governador é importante e peça-chave na articulação política entre União, estado e municípios.