Eduardo Leite prega união pelo Rio Grande do Sul em discurso da vitória

***ARQUIVO*** SÃO PAULO/ SP, BRASIL,08.11.2021: Entrevista com o governador Eduardo Leite (RS), que disputa as prévias do PSDB para a indicação do presidenciável do partido.   (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO/ SP, BRASIL,08.11.2021: Entrevista com o governador Eduardo Leite (RS), que disputa as prévias do PSDB para a indicação do presidenciável do partido. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

PORTO ALEGRE, RS (FOLHAPRESS) - Reeleito governador do Rio Grande do Sul neste domingo (30), Eduardo Leite (PSDB) iniciou seu discurso da vitória às 19h35 no mesmo tom da campanha, pregando uma união de forças pelo estado em vez de uma escolha entre os dois lados do pleito nacional.

"Essa eleição mostrou que os gaúchos querem paz, respeito e união. O Rio Grande do Sul falou mais alto nessa eleição", disse o governador reeleito.

Cinco minutos antes, seu adversário no segundo turno, Onyx Lorenzoni (PL), atribuiu o resultado à "união das esquerdas no Rio Grande do Sul" e disse que já cumprimentou Leite pela vitória, por telefone.

"Desejei a ele que consiga corresponder às expectativas. Na democracia a decisão do povo é soberana", disse Onyx.